Ser padrinho de um (mini-)telecista

Se um dia você tiver a oportunidade de preencher uma ficha de cursista fique muito feliz pois ser madrinha/padrinho de alguém é maravilhoso… mas cuidado! a partir do momento que você assinar seu nome naquela ficha, aquela vida também é responsabilidade sua!
Ame,cuide de seu afilhado(a), reze por ele(a)! Elogie o que ele(a) fizer de bom e chame a atenção dele(a) se ele(a) fizer algo q não condiz com o comportamento que um verdadeiro cristão deve ter desde que você seja exemplo. Seja espelho para ele(a) para que um dia ele(a) possa ser espelho pra alguém.
E se por um acaso acontecer de em um dia que ele(a) está de saco cheio de você,ele(a) te disser pra “cuidar da sua vida pois você não é mãe/pai dele(a) e que ele(a) faz o que quiser da vida”… respire fundo! Continue amando e cuidando dele(a) mesmo que de longe,continue rezando por ele(a) mesmo que ele não saiba disso. Continue elogiando o que ele(a) fizer de bom mesmo que seja pra outras pessoas e se ele(a) fizer algo errado tente mostrar que não foi a melhor escolha dele(a) mesmo que seja por intermédio de outra pessoa.
Não queira ser madrinha ou padrinho só de título! Assim como não existe ex-pai, ex-mãe ou ex-irmão não existe ex-madrinha ou ex-padrinho por mais que talvez o seu/sua afilhado (a) queira que isso aconteça.
A vida dele(a) foi confiada a você e um dia você terá de prestar conta a Deus por ela!

SEMPRE MAIS ALTO!
Aline Neves – TLC Iaras

Um verdadeiro líder cristão

A igreja católica anda formando excelentes líderes cristãos, líderes espiritualzados, que sabem amar os irmãos, ajudar os pobres de dinheiro e de espírito, perdoar os erros e mágoas… mas tudo isso, no meio da igreja é muito fácil, pois estamos na presença viva de Deus, mas e quando saímos às ruas, quando “ninguém está nos olhando”, oq fazemos? Destratamos as pessoas, esquecemos a humildade, cuspimos no prato que comemos? NÃO!
Um verdadeiro líder cristão sabe levar a presença de Deus vivo para fora da comunidade e dos movimentos, ele leva Cristo para onde vai, para quem o encontra, e porque não levar Cristo para a vida pública da nossa cidade? Acredito que se os políticos brasileiros carregassem Jesus para todos os lados, o nosso país estaria muito diferente ne? Gostaria que refletíssemos mais antes de votar nas próximas eleições, afinal, quem os coloca lá somos nós! E para deixar bem claro, isso não é uma campanha política, pois creio que pessoas com valores cristãos autênticos não precisam utilizar a imagem de Deus para conseguir nada, pois Deus já os ungiu e os escolheu! Pensem bem.

Thaís Pancioni

Querem tirar o crucifixo da Câmara

Nada muda com a retirada de crucifixos das paredes dos prédios públicos. O que deve mudar, na verdade, são os corações das autoridades brasileiras que, insensíveis às justas causas populares, preferem cuidar de assuntos estranhos àquilo que o povo espera. O crucifixo foi, é e sempre será um símbolo religioso de resistência às injustiças provocadas por um poder que retrai, às malvadezas dos governos, às permissividades da tripartição mal engenhada que permite abusos e absurdos silenciosos. Essa onda contra os símbolos religiosos nos poderes judiciário e legislativo faz parte de um poderoso processo de descristianização da sociedade, que pretende relativizar todas as coisas, porque, dessa forma, sem a presença simbólica da mensagem bíblica, fica mais fácil praticar os atos mais covardes contra os empobrecidos. O crucifixo é o sinal da paixão, morte e ressurreição de Jesus pela humanidade. O crucifixo nunca quis desrespeitar outras religiões, mas incomoda muita gente por falar de uma verdade moral e universal em que o amor é o centro. Como símbolo religioso, enraizado na cultura popular brasileira, sua exposição em paredes públicas só faz reforçar nossa identidade.

Ajuda-me, Senhor, na missão de ser pai

AJUDA-ME, SENHOR, NA MISSÃO DE SER PAI,

porque é difícil, e pesado o encargo de sustentar a família e dar-lhe o bem estar e a tranquilidade, e é quase heroísmo ser alegre com os familiares quando pesam as preocupações pessoais e os problemas da profissão.

Ajuda-me Senhor, na missão de ser pai, para que realize o diálogo com minha esposa e os filhos. Quero ser aberto para ouvir, humilde para propor, sábio para decidir e corresponsável para realizar.

Ajuda-me, Senhor, na missão de ser pai, para que eu saiba descobrir os valores de minha esposa e os talentos de meus filhos; e os ajude a desenvolve-los, saiba corrigir com amor, sem destruir nem humilhar.

Finalmente, ajuda-me, Senhor, na missão de pai, para que eu creia firmemente que a grandeza da paternidade, assim vivida, não termina nem com a morte, porque os seus frutos são eternos!

Amém!

Gilson Aguiar (bem, ao menos foi ele que postou no Facebook).

Paróquias estão realizando Seminário de Vida no Espírito Santo


Numa realização da Renovação Carismática Católica, da Arquidiocese Sant’Ana de Botucatu, está acontecendo nas paróquias avareenses de São Benedito e São Pedro o Seminário de Vida no Espírito Santo, pelos Grupos de Oração Imaculado Coração de Maria e Luz das Nações, respectivamente.

Na Paróquia de São Benedito, o Seminário iniciou-se no dia 3 de janeiro e prossegue até o dia 1 de março, sendo realizado todas as terças-feiras, sempre a partir das 20h00. Já na Paróquia de São Pedro, o Seminário iniciou-se no dia 5 de janeiro e prossegue até o dia 8 de março, acontecendo todas as quintas-feiras, às 20h00.

 

PROGRAMAÇÃO

 

GRUPO DE ORAÇÃO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

Paróquia São Benedito – Terça-feira – 20h00

 

  • 17/01 – O PECADO
  • 24/01 – JESUS SALVADOR
  • 31/01 – FÉ E CONVERSÃO
  • 07/02 – SENHORIO DE JESUS
  • 14/02 – CURA INTERIOR
  • 28/02 – BATISMO NO ESPÍRITO SANTO
  • 06/3 – DONS E FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO
  • 13/03 – VIDAEM COMUNIDADE EAMORENTRE OS IRMÃOS

 

GRUPO DE ORAÇÃO LUZ DAS NAÇÕES

Paróquia de São Pedro – Quinta-feira – 20h00

 

  • 19/01 – O PECADO
  • 26/01 – JESUS SALVADOR
  • 02/02 – FÉ E CONVERSÃO
  • 09/02 – SENHORIO DE JESUS
  • 16/02 – CURA INTERIOR
  • 23/02 – BATISMO NO ESPÍRITO SANTO
  • 01/03 – DONS E FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO
  • 08/03 – VIDA EM COMUNIDADE E AMOR ENTRE OS IRMÃOS

Como “matar” a tua igreja

Texto que conheci na Assembléia da São Benedito, no último dia 04.
Se quiser, adapte de igreja para o seu movimento/pastoral e veja se não se encaixa:

Como “matar” a tua igreja
Fonte: http://www.loreto.org.br/jan2005_igreja.asp
1. Não freqüente as atividades paroquiais com assiduidade, mas quando você for lá, procure algo para reclamar. Com certeza você sempre vai encontrar. Fique de olho. Explore isto!
2. Ao comparecer a qualquer atividade, dedique-se em encontrar falhas nos líderes. Veja se o Padre ou os dirigentes estão fazendo as coisas corretas. Se encontrar falhas fale, espalhe para os outros. Critique de verdade. Agora, quanto às coisas boas que fazem ou dizem, não comente nada, não elogie, fique na sua, em absoluto silêncio.

3. Nunca aceite missão, compromisso ou incumbência alguma; lembre-se que é mais fácil criticar do que realizar.
4. Se o Vigário, o Conselho Paroquial, ou qualquer outra liderança pedir sua opinião sobre importante assunto, responda que não tem nada a dizer e depois espalhe como deveriam ser as coisas, em sua “opinião”.

5. Não faça mais que o absolutamente necessário, nunca se coloque à disposição para nada, espere ser convidado para que você tenha prestígio diante dos outros; porém, quando o Padre e seus auxiliares estiverem trabalhando com boa vontade e interesse para que tudo corra bem, afirme que sua Igreja está sendo dirigida e dominada por um grupinho.

6. Não leia os boletins de sua Igreja; afirme que neles não há nada de interessante e que eles deveriam ser diferentes. Mas não ajude em suas confecções!

7. Se você for convidado para qualquer cargo, simplesmente seja esperto(a) e recuse. Alegue que você não tem tempo e depois critique com a seguinte afirmação “por que não fazem tal coisa assim?”

8. Quando você tiver qualquer problema de relacionamento com o Vigário, ou qualquer líder, procure vingar-se fazendo acusações mentirosas e divulgando “erros” por eles cometidos. Não será difícil pois eles, como todas as pessoas humanas, estão cheios de falhas.

9. E quando ouvir alguma fofoca, corra a espalhá-la, mesmo, que você saiba que a fonte não é confiável ou ainda, que você saiba, que o correto é ouvir os dois lados.

10. Sugira, insista e cobre a realização de cursos, palestras, encontros, reuniões, mas, quando forem realizados, não se inscreva nem compareça. Depois critique dizendo que não é feito.

11.Após tudo isso, quando tua Igreja não tiver mais reuniões, boletins, encontros, trabalhos de evangelização etc., estufe seu peito e diga: “Eu não disse que isso ia acontecer?”

Alexandre Custódio

Dia Nacional da Juventude será celebrado domingo em Avaré

O Dia Nacional da Juventude (DNJ) será realizado em Avaré no domingo, dia 30. A recepção da juventude católica vinda das 45 paróquias das 22 cidades da arquidiocese de Botucatu será na Concha Acústica, as 08h 00. São esperados cerca de 4 mil jovens que caminharão até o Ginásio de Esportes Kim Negrão para o início do evento que tem como tema nacional “Juventude e o protagonismo feminino” e o lema “Jovens mulheres tecendo relações de vida”.

O tema local do evento será a frase-resposta de Nossa Senhora ao anjo Gabriel: “Eis aqui a Serva do Senhor, faça-se em mim segundo a Tua Palavra”.

O DNJ é uma atividade permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e é realizado nas dioceses de todo o País. Com total apoio dos padres, o DNJ celebra a vida dos jovens de forma alegre, descontraída e comprometida com a realidade social em que vivem, tendo como base a pessoa e a mensagem de Jesus Cristo.

As comunidades de Jovens de Avaré, a pastoral da Juventude, as equipes do mini TLC e do TLC são os principais componentes da organização desse grande evento, que acontece cada ano em uma paróquia da arquidiocese.

Todos os jovens estão convidados a participar. Confira a programação:

8h00 – Concentração dos jovens na Concha Acústica;

8h30 – Caminhada até o Ginásio Kim Negrão;

10h00 – Palestra “Eis aqui a Serva do Senhor, faça-se em mim segundo Tua Palavra” por Monsenhor Edmilson;

10h25 – Adoração ao Santíssimo – Padre Fernando Maróstica;

11h00 – Almoço;

13h00 – Apresentação de Coreografias;

13h45 – Santa Missa;

15h00 – Premiação e Sorteio; e

15h30 – Show Ministério Amor e Adoração da Canção Nova.

Ser um líder cristão

Ser um líder cristão é hoje, talvez, a tarefa mais árdua e gratificante. Estar a serviço do Reino de Deus não é nada fácil, mas quem é que consegue dizer não ao chamado do Pai?
A liderança cristã muitas vezes causa algumas discordâncias, mas um verdadeiro líder faz aquilo que julga ser melhor para sua comunidade, assim como um pai, que não faz o que o filho quer, mas o que é melhor para ele.
É necessário ver o mundo como ele realmente é, para compreender as necessidades de cada um . Julgar tudo o que ele oferece, para poder discernir aquilo que realmente provém de Deus e agir, para tentar aproximar cada vez mais pessoas de Cristo.
O verdadeiro líder sabe reconhecer e utilizar as qualidades das pessoas, ajudando e amando cada um a sua maneira. Diferentemente de um chefe, o líder não manda ninguém trabalhar, ele convida para trabalhar junto, pois ama o que faz e já não consegue se afastar da missão que lhe foi dada.
Apesar de ser uma tarefa difícil, é incrível como, com o passar do tempo você vai se apaixonando pela jornada e aprendendo a ver Cristo em cada pessoa. Você se torna pai, mãe, irmão, anjo da guarda, professor e principalmente aluno, pois Deus nos ensina a cada dia uma nova lição. A magia de ser um líder cristão está nisso: enfrentar as dificuldades de braços abertos, a exemplo de Jesus, que lutou e morreu por nós sem cruzar os braços uma única vez. Afinal, ninguém disse que seria fácil, mas que valeria a pena.
Parabéns líder cristão por ter seguido o exemplo de Maria e dito seu “sim” a Deus!
Thaís Pancioni da Silva
Coord. Comunidade de Jovens “Deus Imenso”

Ser um líder cristão é hoje, talvez, a tarefa mais árdua e gratificante. Estar a serviço do Reino de Deus não é nada fácil, mas quem é que consegue dizer não ao chamado do Pai?A liderança crista muitas vezes causa algumas discordâncias, mas um verdadeiro líder faz aquilo que julga ser melhor para sua comunidade, assim como um pai, que não faz o que o filho quer, mas o que é melhor para ele.É necessário ver o mundo como ele realmente é, para compreender as necessidades de cada um . Julgar tudo o que ele oferece, para poder discernir aquilo que realmente provém de Deus e agir, para tentar aproximar cada vez mais pessoas de Cristo.O verdadeiro líder sabe reconhecer e utilizar as qualidades das pessoas, ajudando e amando cada um a sua maneira. Diferentemente de um chefe, o líder não manda ninguém trabalhar, ele convida para trabalhar junto, pois ama o que faz e já não consegue se afastar da missão que lhe foi dada.Apesar de ser uma tarefa difícil, é incrível como, com o passar do tempo você vai se apaixonando pela jornada e aprendendo a ver Cristo em cada pessoa. Você se torna pai, mãe, irmão, anjo da guarda, professor e principalmente aluno, pois Deus nos ensina a cada dia uma nova lição. A magia de ser um líder cristão está nisso: enfrentar as dificuldades de braços abertos, a exemplo de Jesus, que lutou e morreu por nós sem cruzar os braços uma única vez. Afinal, ninguém disse que seria fácil, mas que valeria a pena.Parabéns líder cristão por ter seguido o exemplo de Maria e dito seu “sim” a Deus!
Thaís Pancioni da Silva

Coord. Comunidade de Jovens “Deus Imenso”

Antiga capela de São Benedito

MEMÓRIA VIVA em IMAGENS… Eis uma imagem da antiga Capela de São Benedito, nos anos 30, extraída do acervo fotográfico da família Calamita. Encarnada na piedade popular, a devoção ao santo de cor negra engajou, ainda nos tempos imperiais da Vila do Rio Novo, numa confraria – a Irmandade de São Benedito – figuras influentes como o alferes Souza Franco, o popular Maneco Dionísio. Em meados de 1914, os devotos se cotizaram para erguer a primitiva igreja voltada para a Rua Mato Grosso, onde hoje está o Largo São Benedito. Feita de tijolos em terreno doado pelo coronel João Cruz, a obra obedeceu a planta elaborada pelo engenheiro Félix Fagundes (prefeito entre 1930 e 1933) e teve como empreiteiro, Henrique Volpi. Foi demolida no princípio da década de 1950 para dar lugar ao templo atual.

Fonte: Facebook por Gesiel Júnior